Bienal fora da Bienal no Instituto Tonny Ítalo

Lançamentos literários para ajudar o Instituto Tonny Ítalo a ajudar!

Renda da venda das obras de Fernanda Rodrigues, Gláucia Lima e Mário Fellipe será revertida para o fortalecimento das lutas do InsTI, pr...

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Bienal fora da Bienal no InsTI

Ciranda de crianças no InsTI
“Por livros onde as crianças podem morar”
Crianças na Bienal do InsTI
– Comemorando o dia da Literatura Infantil – 18 de abril de 2017
Contação de História com Tia Vera,
Benita Prieto e Tino Freitas
No dia do aniversário de Monteiro Lobato, que sonhava com “livros onde as crianças podem morar” reunimos uma comunidade de crianças e educadores para celebrar o Dia Nacional da Literatura Infantil, transformando mais uma vez o Instituto Tonny Ítalo em lugar de festa e moradia. Sob as árvores, no centro da festa, estava o desejo e o esforço por um mundo com mais arte, mais justiça e encantamento. 
Contação de História com Tia Vera,
Benita Prieto e Tino Freitas
InsTI - As Crianças e a Bienal
por J. Lucas Jr.*

Contação de História com Benita Prieto
e Tino Freitas

Naquela manhã de 18 de abril, acompanhamos os alunos da Escola Jardim de Fátima desde o seu prédio ao Instituto Tonny Ítalo, localizados na comunidade do Barrocão, em Itaitinga CE. Estávamos ansiosos, toda a direção presente, afinal o Governo do Estado nos orientou no sentido de uma interação entre a Bienal Internacional do Livro com as criaturinhas da região metropolitana de Fortaleza. Fazia-se necessário o contato dos escritores convidados com os estudantes, e a partir dali a obtenção de uma ideia da educação e a curiosidade dos alunos quanto à leitura.

Contação de História com
Tia Vera, Benita Prieto
e Tino Freitas
No subir e descer do ônibus, na caminhada em direção ao bosque, no olhar de cada um notávamos a chama de um mistério, a interrogação quanto ao futuro das crianças. E imediatamente, dada a dedicação de cada educador presente, a resposta otimista. Certamente o caminho trilhado pela escola segue na direção correta, afinal presenciamos a verdadeira arte de valorização à aprendizagem, nos padrões sociais locais ao qual buscamos: aprendizagem com amor, respeito e estudos.
 As rodas de mãos dadas, os cânticos, a atenção às orientações das professoras, a responsabilidade do diretor e o comprometimento às conversas com os convidados das letras emocionaram não apenas os membros do Instituto como os dois escritores enviados pela Secretaria de Cultura do Ceará, Benita Prieto e Tino Freitas, estudiosos em literatura infantil. Como os contos se tornam mais reais a partir da atenção de cada aluno, prevalece a sensação da certeza de um mundo futuro como queremos, dedicado aos estudos e sem violência. Mas vai além disso. 
Contação de História com Tia Vera,
Benita Prieto e Tino Freitas
O nosso desafio também é a educação fora da escola, uma vez que é através de experiências que a criança entra em contato com as variadas maneiras de aprender, não dependendo exclusivamente da sala de aula. A aprendizagem se amplia ao convívio social, à relação com o meio ambiente, superando as fases da infância e adolescência, chegando à velhice. Para sustentarmos a base, a educação infantil, porém, a preocupação com os riscos da situação social, geralmente relativas às pessoas de poucos recursos financeiros e sua relação com o ambiente onde vive, que carece de estruturas, notando-se a ausência do Estado. E então encontramos a sua estrutura elementar em profunda desestabilidade, a família. Um mundo globalizado, em constante luta pela sobrevivência, dentro da esfera capitalista em que vivemos, desintegra a família e direciona os filhos aos convívios indesejáveis, como a marginalidade e as drogas.

Ciranda de crianças no InsTI
No Brasil, a falha e a ausência da família têm levado ao abandono dos estudos escolares. Daí a necessidade do Estado procurar mecanismos no sentido de articulação com os demais níveis de ensino, introduzindo, por exemplo, cursos técnicos, práticos, dentro da grade regular das escolas, buscando do aluno atenção e gosto pelos estudos. Para tal, porém, investir-se em bons profissionais, como as dedicadas professoras do infantil, a fim de que essa base se mantenha firme até a chegada ao ensino superir.

Escritores: Tino Freitas - Kelsen Bravos
Escritoras: Gláucia Lima - Vera Camelo - Benita Prieto
– Artista Plástica Cláudia Maia e Livros no InsTI
Assim pensa e direciona o InsTI, a educação desde o princípio, com a participação dos professores e pais, numa cadeia de formação educacional responsável, mantendo a integridade moral do aluno dentro e fora da escola. Dessa maneira, agimos a partir do desafio da Bienal Fora da Bienal. E conforme a resposta dos gestores da Secult CE, num espaço de duas horas mostramos que tudo é possível na luta pela aprendizagem educativa e longe da violência.

Kelsen Bravos - Lucas Jr. - Gláucia Lima
Enquanto carecemos de recursos para a expansão e qualificação do espaço, a Biblioteca Rodolfo Teófilo funciona diariamente, aberta para pesquisas, lembrando que se foca para crianças e adolescentes, conforme projeto inicial. Adiante, com a construção dos espaços, Itaitinga se orgulhará de uma casa preparada para a educação em todos os sentidos, do estilo de educar dos profissionais do Jardim de Fátima ao contato com as famílias e com a comunidade.

Membros do InsTI na Bienal fora da Bienal
Livro/CD lançado: Cajueiro Pequenino
Ajude-nos a levar adiante essa ideia, esse comprometimento, doando com amor. Precisamos construir os espaços, precisamos levar alegria a todas as crianças carentes:

InsTI – Instituto Tonny Ítalo
CNPJ – 23.866.308/0001-10
Conta BancáriaBB - 001/ Ag = 1218-1  C/C = 61.273-1

End.: Rua Cândido Meireles, 871 – Barrocão – Itaitinga/CE
Crianças na Bienal do InsTI
 Ajude o InsTI a ajudar! Entre em contato e conheça seus Projetos!
Crianças na Bienal do InsTI

*J. Lucas Jr.
_ J. Lucas Jr. é o Coordenador da Biblioteca Comunitária – Espaço Leitura do InsTI - Instituto Tonny Ítalo
Contatos:
E-mail: powerhead34@gmail.com
Blog: Fatos Históricos - Mundo em Debate
WWW.fatoshistoricosmundoemdebate.blogspot.com

O POVO – Matéria do Jornal


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Livros ajudam o InsTI a ajudar!

O InsTI – Instituto Tonny Ítalo através de seu Espaço Leitura, Espaço Arte e sua Biblioteca Comunitária lançou vários títulos na Bienal Internacional do Livro do Ceará em 2017 e na Bienal Fora da Bienal em sua sede, Sítio Recreação.
Adquirir estas obras literárias é promover cultura e contribuir de forma proativa com os projetos sociais que o Instituto Tonny Ítalo desenvolve.
Nossa palavra de ordem é por Justiça, Alegria e Paz.
A Paz é Ativa!

“Apoiar estas ações é mais que uma atitude solidária, é uma demonstração de comprometimento social.” InsTI

Seguem os títulos dos livros, autores e valores de solidariedade:
Livros que ajudam o Instituto Tonny Ítalo a ajudar!
Cajueiro Pequenino - Livro/CD - Gláucia Lima e Vera Camelo / Ilustração - Arievaldo Viana
R$30,00

Inspirado na poesia de Juvenal Galeno, Cajueiro Pequenino é obra literomusical infantil de Gláucia Lima e Vera Camelo, com capa e ilustrações de Arievaldo Viana
Inspirada na poesia infantil de mesmo nome do escritor cearense, criador da Poesia Popular no Brasil, Juvenal Galeno.
*Cajueiro Pequenino* em seu CD traz a Canção de Juvenal Galeno e Branca Rangel, um “Baião”, estilo musical criado, há 70 anos, pelo Mestre Luís Gonzaga, o "Rei do Baião".  Arranjo do Grupo de Tradições Cearenses - GTC que em 2016, completou 50 anos de existência, o “Baião” tem Interpretação de Gláucia Lima (1996) em CD alusivo aos 30 anos do Grupo de Tradições Cearenses.

Contação da Historinha *Cajueiro Pequenino* por Vera Camelo, autora também mantém os Projetos Sociais: “A Casa dos Sonhos” e “Semeadores de Histórias”. Contate autora e conheça os projetos: Cursos, show e contação de histórias.

Palavras que o Vento não Leva... - Maria da Penha
R$25,00
Maria da Penha, não desistiu!!! Ela, como muitas "Marias" vindas do nosso sertão agreste, que trazem a força e o sonho de mulher sertaneja, trilhou seu caminho... E durou o tempo que foi preciso para chegar até aqui. Não deixou apagar a chama que ardia em seu peito de mãe, mulher, esposa e de pessoa do povo, cujo sonho era de entrar em uma universidade. Testemunhamos o significado da palavra "perseverança", da palavra "obstinação" e amor pelas letras... Passaram-se 40 anos, para que ela voltasse aos estudos... E veio a concluir o curso de letras depois dos seus 60 anos... Consolidando toda essa trajetória, neste livro de estréia.

“... muito tem que se viver, muito tem que se sonhar e muito tem que se escrever!!! E desejo que estas letras, como amigas e confidentes, no decorrer de todo esse processo, continuem sendo o principal instrumento, que revela sentimento, justificando toda uma vida.” Claudia Maia - Espaço Arte do InsTI – fez a Apresentação da obra e da Autora
Sonho – Uma Percepção da Verdade - Gláucia Lima
R$40,00

Livro relata “Sonho” de Tonny Ítalo com Projeto Social
Instituto Tonny Ítalo – InsTI é entidade surgida a partir de um ‘sonho’ do filho, de mesmo nome, Tonny Ítalo, de um projeto social relatado no livro que Gláucia Lima, a autora, escreveu e lançou pela 1ª vez em 2011. Ajude-nos a ajudar! Conheça um pouco dessa história de amor e sonho.

Apresentação de Kelsen Bravos, livro tem Capa e Ilustração de Arievaldo Viana e Eneida Teixeira (in memoriam).

 Entre em contato conosco e adquira seu livro “Sonho - Uma Percepção da Verdade”, livro de estreia da autora.
Atenção: Venda totalmente revertida em prol do Instituto que se encontra em fase de estruturação.

Meetidos – O monta/desmonta de Corpos, Performances e Identidades gays na boate meet-music & lounge - Mário Fellipe
R$45,00
Ensaiando uma abordagem etnográfica dos modos de interação de homens gays no espaço de uma boate em Fortaleza, voltada a estratos sociais mais abastados e situada numa área nobre da cidade, o presente trabalho
desvela sistemas de classificação e distinção operados pelos sujeitos naquele território. Tomando como aposta analítica a profunda relação entre espaço(s) e subjetividade(s), o autor pretende cartografar identidades sociais e sexuais, performances de gênero e estratégias de interação que são mobilizadas a partir de uma ideia de pertença ao espaço da boate. Destacam-se entre essas estratégias, a fabricação de corpos “sarados”, a montagem de vestuário que expresse símbolos de status, modelos de masculinidade negociados na curtição da festa e na paquera e a inserção em
redes de relacionamentos que agreguem prestígio intragrupal. Ao propor um olhar sobre práticas de lazer/prazer do “circuito gls” na metrópole cearense, o livro se configura como uma importante contribuição para a compreensão de nossa paisagem urbana e de nossa história presente.




ENSEÑANZA DE LENGUA ESPAÑOLA EN UNA PRÁCTICA SOCIOCULTURAL A TRAVÉS DE CANCIONES – Español Caribeño - Gláucia Lima
R$40,00

Livro também lançado na UNEAC – Unión de Escritores y Artistas de Cuba em 28 de abril de 2017.
A canção, como ferramenta cultural e metodológica para o ensino de língua estrangeira.
Livro lançado pela UNEAC (Unión de Escritores y Artistas de Cuba), em Havana 28 de abril último, teve pré-lançamento na Bienal Internacional do Livro do Ceará 2017, traz a sensibilidade de fazer uso de músicas “como atividade criativa em aulas de espanhol... possibilitando interpretá-las num contexto social e cultural...”. Com certeza, cumprir-se plenamente o ideal da publicação, que é “contextualizar autor e obra, e identificar as características culturais e políticas, identificando na sociedade as influências do mundo hispânico através da canção”.
Nesta 2ª edição, livro resultante de tese de doutorado da autora, tem prólogo e revisão do Espanhol Caribenho, de filólogos e lingüistas de Cuba (Maior Ilha do Caribe).

Obra que, além de revelar coerentemente os fundamentos teóricos (filosóficos, pedagógicos, didáticos) da utilização da canção no ensino de espanhol como língua estrangeira (E/LE), nos oferece as bases teóricas e as orientações necessárias para a aplicação de uma metodologia baseada na realização de atividades práticas de comunicação no âmbito educativo aplicável em qualquer idioma. Porém ainda mais, um valor fundamental nesta metodologia está em suas potencialidades para contribuir o desenvolvimento da criatividade em estudantes e professores.
Livro de Gláucia Lima, que está em espanhol caribenho, tem Revisão das filólogas e cubanas Isbel Santana Rodriguez, Lucía Grisel Zamora Socías e Nieves de La Caridad Kindelan Iglesia, Prólogo, do também cubano, Dr. Gerardo Borroto Carmona. Capa e Ilustrações de Arievaldo Viana, Apresentação de Tarcísio Matos, recebe o apoio institucional do FMFi - Fórum de Mulheres no Fisco e da Casa da Amizade Brasil/Cuba-CE).

Atenção: Venda totalmente revertida em prol do InsTI.

  Deus Criou o Mundo e Nós Construímos o Conjunto Palmeira - Fernanda Rodrigues
R$45,00
O livro Deus Criou o Mundo e Nós Construímos o Conjunto Palmeira: Etnografia sobre a solidariedade de um bairro, Edições UFC, de autoria da Socióloga Fernanda Rodrigues é resultado da tese de doutoramento pela Universidade Federal do Ceará. A obra trata de uma pesquisa com foco na solidariedade no bairro Conjunto Palmeiras. - Fortaleza- Ceará.

A presente obra tem a apresentação e a contracapa escrita pelo Professor Paul Singer – ex-secretário da Secretaria Nacional de Economia Solidária-Senaes. 

Guerreiro Sem Cor - J. Lucas Jr.
Busca de patrocínio (contribuição e venda antecipada)
R$45,00

Romance de cunho indianista que remonta a expedição de Pero Coelho, o primeiro capitão-mor do Ceará, à Ibiapaba. J. Lucas Jr. mescla registros reais com ficção dentro do contexto histórico cearense, numa narrativa atual, centralizada na figura do soldado português Martim Soares Moreno.

O livro se encontra na editora aguardando a sua contribuição para correr entre as máquinas e chegar às livrarias e às suas mãos. Umas das poucas publicações, em forma de romance e em terras primitivas dos índios, sobre indianismo, e que, esperamos, seja bem recebido pela crítica.
Capa de Arievaldo Viana, livro ganha a Apresentação de Gláucia Lima. 

Adquirindo estas obras, você estará contribuindo para a Causa Social do InsTI, pois a renda é revertida para suas Ações.
Ajude o InsTI a ajudar! Entre em contato e conheça seus Projetos:
CNPJ do InsTI - INSTITUTO TONNY ÍTALO → – 23.866.308/0001-10
Fones: → +55 - 85 – 9 97949859 → +55 - 85 – 9 8583 0074 → WhatsApp
CNPJ do InsTI - INSTITUTO TONNY ÍTALO → 23.866.308/0001-10
Conta bancáriaBB - 001/ Ag = 1218-1  C/C = 61.273-1


InsTI conta com você e sua solidariedade!